sábado, 31 de janeiro de 2015

Padrão e Frequência





QUAL É O NOSSO PADRÃO E A NOSSA FREQUÊNCIA?


Quanto mais elevado o nosso nível de consciência mais pessoas nós podemos influenciar para elevar o seu próprio nível de consciência. Tom Cau

"David R. Hawkins (1927-2012), médico psiquiatra traz ao público no livro “Poder contra Força: Uma Anatomia da Consciência – Os Determinantes ocultos do comportamento humano” (Power vs Force: The Hidden Determinantes of Human Behaviour), de 1995 a pesquisa dos efeitos positivos de energias "superiores" da consciência sobre a negatividade do mundo.

Ele relacionou níveis de consciência adotando nomes (“amor puro”, “graça”, “otimismo”, etc) e números (200, 300, 400…) ao efeito da “negatividade” de níveis inferiores de consciência (“egoísmo”, “culpa”, “medo”, etc).

Embora apenas 15% de toda a população do mundo esteja acima do nível crítico 200 de consciência, a força coletiva desses 15% tem o peso para contrabalancear a negatividade dos 85% restantes da população mundial. Devido ao fato da escala de força avançar logaritmicamente, um simples Avatar em um nível de consciência de 1.000 pode, na verdade, contrabalancear totalmente a negatividade coletiva de toda a humanidade.

Um indivíduo que vive e vibra na energia do otimismo e da disposição de não julgar os outros (nível 300) irá contrabalancear a negatividade de 90 mil pessoas que estão calibradas nos níveis mais baixos de força.

Um indivíduo que vive e vibra na energia do puro amor e da reverência por toda a vida (nível 500) irá contrabalancear a negatividade de 750 mil pessoas que estão calibradas nos níveis mais baixos de força.

Um indivíduo que vive e vibra na energia da iluminação, graça e paz infinita (nível 600) irá contrabalancear a negatividade de 10 milhões de pessoas que estão calibradas nos níveis mais baixos de força (aproximadamente 22 desses sábios estão vivos hoje).

Um indivíduo que vive e vibra na energia da graça, do espírito puro além do corpo, num mundo de não-dualidade e unidade completa (nível 700), irá contrabalancear a negatividade de 70 milhões de pessoas que estão calibradas em níveis mais baixos de forca (aproximadamente 10 desses sábios estão vivos hoje).

SERVIR É ELEVAR O NOSSO NÍVEL DE CONSCIÊNCIA

O que podemos fazer para ajudar? Conforme elevamos o nosso nível de consciência, contribuímos cada vez mais para a qualidade espiritual da mente global. Portanto, o nosso maior serviço à humanidade é, paradoxalmente, o desenvolvimento da nossa própria consciência.

Abaixo do nível 200 estão os campos de atração da vergonha, culpa, apatia, aflição, medo, desejo, raiva e orgulho. Bem no nível 200 crítico vem a coragem e a sua habilidade para fortalecer o ego, para retirá-lo da condição de vítima inerente às mais baixas frequências.

A um nível de 300, uma pessoa elevou-se acima de muitas emoções de conflito para alcançar um certo estado de não-julgamento e sentir otimismo.

A um nível de 400, o indivíduo alcança uma atitude um pouco mais harmoniosa que traz aceitação e perdão. Além disso, ele ganha um raciocínio mais aperfeiçoado que traz compreensão e significado para a vida. Este não é um nível difícil de alcançar. Por exemplo, a perseguição do objetivo.

Para alcançar o nível de 500, uma pessoa precisa de estar espiritualmente consciente. A este nível, o amor incondicional e o perdão incondicional ficam mais vivos e bem mais encaixados na nossa realidade.

Quando uma pessoa praticou meditação longa e diligentemente o suficiente atinge consciência de felicidade ao nível 600.

O nível médio de energia na Terra é de cerca de 207 , e isso é porque ao longo de nossas vidas, nós acumular bloqueios de energia escondidos e condicionamento negativo que nos impede de alcançar vibrações mais elevadas.

O nível que devemos almejar, no entanto, é 500 e acima. 500 é a vibração do amor. Ao vibrar neste nível sua vida se torna drasticamente diferente. Quando estamos neste estado de vibração de repente, Amor, alegria, abundância estão ao seu alcance.


Fonte: http://radarliz.blogspot.com.br/