terça-feira, 9 de junho de 2015

Meditação poderosa que todo Reikiano deve aprender






Gabriel Reis Stein

Uma meditação que deveria ser ensinada em todos os cursos de Reiki  muito importante que nos proporciona maior equilíbrio, concentração e percepção para a aplicação de Reiki, essa meditação se chama meditação Gassho

Hoje você terá a oportunidade de Aprender essa meditação, basta seguir esse passo-a-passo e usufruir  dessa técnica maravilhosa..


GASSHO

Gassho significa “duas mãos se juntando, unidas ou em prece”. A pronúncia correta é “gáshô”. Ensinada no Shoden. É colocar-se num estado receptivo para ouvir o Criador, promovendo um centramento, levando-nos em direção ao vazio.

·         Sente-se o mais ereto possível, é bom apoiar as costas e relaxar os ombros, feche os olhos e respire profundamente três vezes;
·         Mantenha as mãos relaxadas e unidas em frente ao peito ou garganta, com os dedos direcionados para cima;
·         Focalize a atenção no ponto onde os dedos médios se tocam. A concentração no toque dos dedos ajudará a manter o tônus da meditação Gassho, sem grandes devaneios;
·         Quando sentir um bom nível de tranquilidade mental, repita pausadamente, refletindo suas palavras, os cinco princípios do Reiki (Gokai).

 
A razão de manter as mão junto ao Chakra Laríngeo é a de que este representa o início da comunicação com o mundo espiritual, responsável pelos “insights” do reikiano ao longo da sessão. Quem preferir realizar a técnica à altura do Chakra Cardíaco deve entender a importância desse chakra. Centrar-se no Chakra Cardíaco significa abrir-se para o Amor Incondicional. O Chakra Cardíaco além de ser o mais sagrado é o mais significativo para o Reiki, é a “fábrica do Reiki”, é o centro de equilíbrio dos sete chakras principais de nosso corpo.

 Tempo médio: 15 a 30 min.

OBS: Fazer essa técnica todos os dias mudará seus hábitos, melhorará sua energia, sua proteção e traz diversos benefícios para saúde, experimente, pratique!

 Desejo muita paz e Luz para todos vocês.

Compartilhado de Sueli Lucchi Di Leo/Associação Reiquianos do Brasil