domingo, 6 de dezembro de 2015

Limpando a mente





Observe o que você permite entrar em sua mente. As pessoas não sabem, elas vão lendo tudo e qualquer coisa, assistindo coisas bobas na TV, passando qualquer fofoca idiota e despejando lixo na cabeça uns dos outros.

Evite situações em que você desnecessariamente está sobrecarregando sua cabeça com lixo. Você já tem demais. Você precisa ser descarregado! 
Fale e ouça apenas o essencial e, pouco a pouco, lentamente, você vai ver que uma limpeza, uma sensação de pureza, como se tivesse acabado de tomar um banho, vai começar a surgir dentro de você. Isso se torna uma condição necessária para a meditação se estabelecer. Se você deixar alguns espaços desocupados em sua mente, aqueles momentos de consciência sem ocupação, sem atividade, são os primeiros vislumbres da meditação, as primeiras penetrações do que está além, os primeiros lampejos da não mente.  


(Osho)